BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

07/07/2020 - TRABALHADOR QUE PEGAR COVID-19 NO TRABALHO PODE PROCESSAR EMPRESA

Empregados infectados pelo novo coronavírus também podem requerer auxílio-doença no INSS e, por conta das circunstâncias atuais, terão o benefício concedido

O advogado Ivandick Cruzelles, professor do Mackenzie nas áreas do Direito do Trabalho e Previdenciário, afirmou à CNN Brasil, que o empregador brasileiro pode ser responsabilizado e provocado a pagar indenização a trabalhadores, se houver contaminação de coronavírus por falta de medidas de segurança no ambiente de trabalho.

 "Se a contaminação se deu por conta do trabalho, surge uma responsabilidade do empregador. Seria necessário ver se ele cumpriu com as medidas de saúde e segurança do trabalho para evitar isso", explica. "Caso não [tenha cumprido], o trabalhador pode, em outro momento, pleitear uma indenização", completa.

 Cruzelles ainda diz que o trabalhador pode requerer auxílio-doença no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e, por conta das circunstâncias atuais, terá o benefício concedido

"Pelas diretrizes que foram publicadas, recentemente, não haveria nem a necessidade de esse trabalhador ser submetido a uma perícia. O atestado privado do médico já seria o suficiente para perícia indireta e ele seria imediatamento afastado", esclarece.

Em março, o Senador Federal aprovou o Projeto de Lei que permite que, em caso de suspeita de coronavírus, trabalhadores sejam dispensados do trabalho por até sete dias mesmo sem atestado médico. Em abril, o presidente da República, Jair Bolsonaro, prejudicando os trabalhadores, vetou integralmente o PL 702/20. O veto presidencial será analisado em sessão do Congresso Nacional, ainda a ser marcada.

Os conceitos de quarentena e isolamento estão presentes na lei que prevê as medidas para enfrentamento do novo coronavírus (lei 13.979/20) e na portaria do ministério da Saúde que regulamentou a lei. (Fonte: CNN)




Fonte: CNN / FEEB PR

 Outras Notícias

06/08/2020 - HOJE TEM NEGOCIAÇÃO COM A FENABAN

06/08/2020 - BANCO DO BRASIL TEM LUCRO DE R$ 3,2 BILHÕES NO 2º TRIMESTRE

06/08/2020 - BANCO DO BRASIL - FUNCIONÁRIOS QUEREM SAÚDE E MANUTENÇÃO DE DIREITOS NO TELETRABALHO

06/08/2020 - POR QUE É IMPORTANTE REGULAMENTAR O HOME OFFICE

06/08/2020 - COM CPMF, SEM FGTS: GUEDES QUER PREJUDICAR TRABALHADOR DUAS VEZES

06/08/2020 - JUSTIÇA ANULA DEMISSÃO DE 747 FUNCIONÁRIOS DA RENAULT E PREVÊ MULTA EM CASO DE DESCUMPRIMENTO

06/08/2020 - POR 7 A 4, STF DERRUBA CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE SALÁRIO-MATERNIDADE

06/08/2020 - CORONAVÍRUS: ATITUDES INDIVIDUAIS SÃO FUNDAMENTAIS PARA CONTROLE DO VÍRUS, DIZEM ESPECIALISTAS

05/08/2020 - SENADO VOTA NA QUINTA-FEIRA PROJETO QUE LIMITA JUROS DE CHEQUE ESPECIAL E CARTÃO DE CRÉDITO

05/08/2020 - MP CADUCA, MAS CAIXA DIZ QUE VAI MANTER CRONOGRAMA DE SAQUE DO FGTS; VEJA

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2020 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.